You are currently browsing the tag archive for the ‘palolo’ tag.

A natureza encontra formas bizarras de alcançar seus objetivos. Alguns desses caminhos são estranhos a nós por alguns motivos, tabu da sociedade em relação ao sexo e até desconhecimento do meio que nos cerca.

A reprodução entre os mamíferos nos é comum, “o papai encontra a mamãe e bota sua sementinha…”, isso costuma ser meio que a regra natural mas, o caminho para colocar a sementinha pode ser bem estranho.

Isso é muito, muito errado.

Isso é muito, muito errado.

Vale substituir o esperma de outro macho pelos seus no caso de alguns besouros de pênis super afiado, peixes fêmeas que engolem o esperma que acaba chegando até o ponto certo, auto destruição como no verme palolo que explode lançando seu esperma na água.

Mais bizarro que isso, só mesmo os seres abissais. A vida em profundidade não é mole, peixes da família Ceratiidae quando encontram uma fêmea, grudam nela literalmente e todo seu organismo vai atrofiando até ele se tornar uma bolsa de esperma. Outro caso curioso, são as lulas abissais da espécie Moroteuthis ingens que ejaculam na pele do parceiro, e o esperma por sua vez trata de corroe-la para chegar onde quer.

“Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe nossa vã filosofia.”

(William Shakespeare)

Leia mais sobre isso aqui – Rainha Vermelha –  10 maneiras de atingir o orgasmo

Anúncios